Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Publicações GEMA > Diagnóstico e avaliação da migração indígena da Venezuela para Manaus, Amazonas (2018)
Início do conteúdo da página

Diagnóstico e avaliação da migração indígena da Venezuela para Manaus, Amazonas (2018)

Publicado: Quarta, 10 de Julho de 2019, 10h29 | Última atualização em Quarta, 10 de Julho de 2019, 10h35 | Acessos: 328

Pesquisa realizada em parceria com a Organização Internacional para as Migrações (OIM)

Este estudo apresenta um diagnóstico da imigração indígena venezuelana na cidade de Manaus e sua interface com as políticas sociais, avaliando alcances e limites, tendo em vista recomendações de políticas públicas de acolhimento, saúde e educação para os Warao. Essas recomendações poderão orientar, eventualmente, ações voltadas para outros grupos indígenas em contextos urbanos. A pesquisa foi realizada em quatro etapas: (i) mapeamento das formas de acolhimento institucional e entrevista com os responsáveis; (ii) entrevistas com os indígenas Warao (homens, mulheres e lideranças); (iii) oficinas com as lideranças indígenas e com autoridades locais estaduais e municipais, bem como entidades não governamentais;e (iv) elaboração de propostas para a recomendação de políticas. Observa-se, como tendência, o surgimento de um campo de circulação migratória entre Venezuela e Brasil, que chama atenção para dois aspectos principais: as fragilidades de articulação entre os poderes federal, estadual e municipal; e a necessidade de construir uma melhor comunicação intercultural entre os modos de vida Waro e as instituições brasileiras.
 

Clique aqui para acessar a publicação

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página